Corrida indicada por Ícaro pode se tornar realidade em 2018

Corrida indicada por Ícaro pode se tornar realidade em 2018

A “Corrida Sinopeana”, indicada pelo vereador Ícaro Francio Severo (PSDB) em maio de 2017, deve se tornar realidade neste ano. Isso é o que planejam as secretárias de Educação, Esporte e Cultura, Veridiana Paganotti, e de Meio Ambiente, Luciane Bertinatto. A notícia foi dada ao parlamentar em uma reunião na tarde de ontem (7).

A proposta das secretárias é que sejam realizadas algumas adaptações à ideia original do vereador, aproximando a Indicação nº 263/2017 de um outro projeto idealizado por Luciane. “Gostaria de realizar uma corrida em Sinop voltada ao tema Meio Ambiente, valorizando os nossos atletas, nossos pontos turísticos e, ainda por cima, abordando a importância de preservarmos o meio ambiente”, revelou a secretária de Meio Ambiente.

Veridiana reforçou que na semana de aniversário da cidade – que foram as datas sugeridas por Ícaro – já existe uma programação esportiva: os Jogos Olímpicos Estudantis. “O nosso objetivo é que esse seja um evento único e grandioso. Por isso pensamos na possibilidade de unir as duas ideias e realizar uma corrida só, na primeira semana de junho, que é a Semana do Meio Ambiente. O nome da corrida pode ser definido pelo vereador”, explicou a secretária de Educação, Esporte e Cultura.

Economia de Recurso Público

Uma das principais preocupações, tanto do vereador quanto das secretárias, é envolver toda a população utilizando a menor quantidade de dinheiro público possível. Para isso, parcerias com empresas da cidade devem ser feitas para custear despesas como: camisetas, premiações, entre outros.

Além disso, o vereador Ícaro irá buscar o remanejamento de R$ 35 mil de sua emenda impositiva para contribuir com o custeio do evento. “Esse recurso havíamos destinado para o investimento no atletismo de Sinop que, da mesma forma, será beneficiado com o evento”, justificou o vereador.

Sobre a Corrida

Na indicação, Ícaro sugeriu um regulamento que poderia ser utilizado na corrida. Porém, uma equipe profissional deve ser chamada para elaborar o regulamento oficial, o tamanho do percurso, escolher o melhor trajeto, definir a forma que serão realizadas as inscrições, cronometrar eletronicamente o tempo dos participantes, entre outros detalhes.

A ideia inicial é que a corrida seja rebatizada de “Corrida Ecológica”, tendo como local de largada e chegada o Parque Florestal. “Pensamos no Parque Florestal porque tem tudo a ver com meio ambiente. Sem falar que teremos um amplo espaço para a concentração dos inscritos, amplo estacionamento, espaço para desenvolver palestras e atividades lúdicas com as crianças e com os jovens. Ou seja, seria o local ideal”, avaliou Bertinatto.

Além da corrida, o evento também contará a categoria caminhada liberada para todos os públicos. Medalhas de participação devem ser distribuídas para todos os inscritos. A premiação dos primeiros colocados deve ser em medalha e dinheiro. Voluntários poderão ser convocados para colaborar com o evento, diminuindo custos.

Weslley Mtchaell – Assessor Parlamentar

Enviar mensagem
Precisa de ajuda?
Olá, tenho uma dúvida!