Ícaro visita projeto Farmácia Solidária

Ícaro visita projeto Farmácia Solidária

O projeto Farmácia Solidária consiste na arrecadação de medicamentos e distribuição gratuita às pessoas que precisam

O vereador Ícaro Francio Severo (PSDB) visitou, na manhã de hoje (12), o projeto Farmácia Solidária. Atualmente o projeto está sediado em uma sala da Unidade Básica de Saúde (UBS) Ruy Fernando Barbosa, do bairro Cidade Jardim, aos fundos do Centro de Eventos Dante de Oliveira.

“Recebi o convite da acadêmica Daniela Gouveia Schreiner para conhecer o projeto e agendei essa visita. Fiquei impressionado com a organização e com o trabalho que eles desenvolvem. Esse projeto precisa de apoio para que eles possam ampliar ainda mais os atendimentos”, disse Ícaro.

Fundado em Sinop em abril de 2018, o projeto Farmácia Solidária é desenvolvido pelo Curso de Farmácia da Universidade Federal do Estado de Mato Grosso (UFMT), em parceria com o Rotary Club Teles Pires e a Prefeitura Municipal de Sinop. Sem fins lucrativos, o objetivo é arrecadar medicamentos e distribuir gratuitamente às pessoas que precisam.

Dez pontos de coletas, como esse, estão espalhados pela cidade. Confira os locais ao lado.

Dez pontos de coletas, como esse, estão espalhados pela cidade. Confira os locais ao lado.

Qualquer pessoa física ou jurídica pode doar medicamentos, sejam aqueles intactos ou aqueles que já foram utilizados parcialmente. Para isso, basta se dirigir a um dos 10 pontos de coleta espalhados pela cidade:

  • Farmácia Regional I (Avenida André Maggi, nº 560, Jardim Violetas);
  • Farmácia Regional II (Rua José Gonçalves, nº 557, Umuarama II);
  • Farmácia Regional IV (Avenida das Itaúbas, esquina com a Rua dos Eucaliptos, Setor Comercial);
  • Hospital Dois Pinheiros (Avenida dos Tarumãs, nº 995, Jardim Botânico);
  • Hospital Santo Antônio (Avenida dos Flamboyants, nº 2.145, Jardim Paraíso);
  • Hospital e Maternidade Jacarandás (Avenida dos Jacarandás, nº 2.900, Setor Industrial Sul);
  • Supermercado Casa Aurora – Centro (Avenida dos Jacarandás, nº 3.800, Centro);
  • Supermercado Casa Aurora – Vitória Régia (Avenida André Maggi, nº 5.500, Jardim das Violetas);
  • UFMT, campus de Sinop (Avenida Alexandre Ferronato, nº 1.200, próximo ao bairro Cidade Jardim);
  • UBS Ruy Fernando Barbosa, do bairro Cidade Jardim.

Conforme explicou o diretor do Instituto de Ciências da Saúde da UFMT, Guilherme Luz Emerick, os medicamentos recebidos são encaminhados para a UFMT, para que os acadêmicos do Curso de Farmácia façam uma análise e triagem dos medicamentos recebidos, sob supervisão farmacêutica. Aqueles que estão aptos para o consumo, são enviados para a Farmácia Solidária para distribuição. Já aqueles que estão vencidos ou apresentam alguma avaria, são descartados.

Entre os medicamentos que são coletados e distribuídos é possível encontrar alguns de alto-custo e de uso controlado (como, por exemplo, medicamentos antidepressivos e voltados ao sistema nervoso).

“Além de entregar medicamentos conservados para aquelas pessoas que não possuem condições, eles ainda recolhem e descartam adequadamente aqueles remédios vencidos, que possuem elevado risco de contaminação ao meio ambiente”, destacou o vereador.

De acordo com o farmacêutico Jeandson da Silva Carneiro, atualmente o projeto atende cerca de 200 pessoas ao mês. Em abril desse ano – quando o projeto completou um ano de existência – foi realizado um balanço que aponta que foram realizados 945 atendimentos. “Em um ano arrecadamos 170 mil unidades de medicamentos. Desse total, conseguimos distribuir mais de 40 mil unidades”, acrescentou.

Aproximadamente 15 pessoas estão envolvidas diretamente no funcionamento do projeto Farmácia Solidária, incluindo alunos, estagiários e professores. O projeto ainda recebe estagiários do Curso de Farmácia da UFMT para a prática profissional.

Parcerias

Além de ceder a sala da UBS Ruy Fernando Barbosa, a Prefeitura disponibiliza uma empresa terceirizada e especializada no recolhimento de lixo hospitalar para promover o descarte adequado dos medicamentos inservíveis que ficam retidos na triagem.

Já o Rotary Teles Pires, além de ter fomentado a ideia do desenvolvimento desse projeto em Sinop, contribui com a produção de materiais gráficos, divulgações, pagamento de taxas e aquisição de materiais para o andamento da Farmácia. Além disso, a entidade fabrica e disponibiliza as caixas de coletas de medicamentos em vários pontos da cidade.

Como ter acesso aos medicamentos?

A farmacêutica e coordenadora do projeto, Morenna Alana Giordani, informou que, para ter acesso aos medicamentos, basta procurar a sala de atendimento do projeto – anexo à UBS Ruy Fernando Barbosa, do bairro Cidade Jardim, aos fundos do Centro de Eventos Dante de Oliveira – portando documento pessoal com foto e receita médica válida (seja de unidade de saúde pública ou particular).

Os atendimentos são de segunda à sexta, das 8h às 11h. Para tirar dúvidas ou ter acesso a outras informações, o projeto Farmácia Solidária disponibiliza o número: (66) 99231-8341.

Weslley Mtchaell – Assessor de Imprensa

Enviar mensagem
Precisa de ajuda?
Olá, tenho uma dúvida!