Ícaro visita Hospital Regional de Sinop

Ícaro visita Hospital Regional de Sinop

Ao lado de outros vereadores, Ícaro buscou saber as principais demandas e necessidades do Hospital Regional de Sinop que enfrenta dificuldades

O vereador e presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Sinop, Ícaro Francio Severo (PSDB), visitou, na manhã de hoje (29), o Hospital Regional de Sinop. Também estiveram na visita a prefeita Rosana Martinelli (PR), o vice-prefeito Gilson de Oliveira (MDB), outros 11 vereadores, e o secretário de Saúde, Gerson Danzer.

“Ainda que o Hospital Regional seja de competência estadual, nós vereadores estamos fiscalizando e indo atrás de informações, porque os atendimentos dessa unidade influenciam diretamente na saúde do município. Também buscamos saber as demandas da unidade para tentar contribuir de alguma forma, para que os atendimentos sejam mais eficientes e tenham maior qualidade”, disse Ícaro.

As autoridades foram recebidas pelo diretor do Hospital Regional, Jean Carlos Alencar. Além de responder questionamentos referentes aos atendimentos na unidade, o diretor mostrou as obras de reestruturação do hospital que estão em fase de acabamento.

De acordo com Jean, o Hospital Regional conta atualmente com 87 leitos, sendo nove Unidades de Terapia Intensiva (UTI). A principal dificuldade está relacionada ao déficit de servidores. “Nós estamos em processo de contratação e acho que, para o próximo mês, a gente deve conseguir atingir a nossa necessidade de profissionais, tanto de técnicos em enfermagem quanto de enfermeiros. Mas, preciso dizer que a nossa equipe tem se desdobrado para atender as demandas que batem na nossa porta e não temos leitos fechados por essa falta de equipe”, informou o diretor.

Já em relação à UTI Pediátrica, que se encontra fechada desde 2017, Jean afirmou que “existe um planejamento para que haja a retomada da UTI Pediátrica. Isso é uma prioridade para a Secretaria, ela está sensível a isso e está tentando construir alternativas e buscar recursos para isso”.

Dificuldades financeiras

Conforme relatou o diretor da unidade hospitalar, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) possui uma dívida acumulada nos últimos anos de mais de R$ 500 milhões de reais, e um custo mensal de R$ 80 milhões. “Então o desafio hoje é manter os serviços, atendendo a necessidade da população como tem sido feito nesse hospital, mas também olhar para o passado e ir saldando gradativamente o que ficou para trás”, disse Jean.

Jean lembrou que, desde a fundação em 2012, o Hospital Regional de Sinop era gerido por Organizações Sociais de Saúde (OSS). O Estado passou a administrar diretamente a unidade no dia 1º de fevereiro de 2019.

Antes da intervenção, o Hospital Regional de Sinop custava R$ 4,2 milhões por mês e realizava entre 60 e 90 procedimentos cirúrgicos. “Nós conseguimos reduzir esse custo significativamente fazendo muito mais”, pontuou o diretor. “Hoje esse hospital custa cerca de R$ 3 milhões e realizamos, em abril, 200 cirurgias e mais de 500 consultas ambulatoriais, lembrando que as consultas não eram realizadas aqui há muitos anos”.

Obras em fase de acabamento

Em relação à conclusão das obras, Jean não soube informar um prazo, tendo em vista que a SES-MT está em processo de ajustes de contas com a Organização Social de Saúde (OSS), que fazia a gestão do hospital, para apurar os passivos. “A partir desse ajuste de contas é que a Secretaria vai dar os encaminhamentos, saber as demandas para concluir a obra e fazer um planejamento”, esclareceu.

A expectativa é que, com a conclusão da obra, o Hospital de Regional de Sinop passe a contar com 130 leitos, tornando-se o maior do Estado de Mato Grosso nesse aspecto, além de passar a realizar cerca de 400 cirurgias ao mês.

Os vereadores presentes na visita foram: Ícaro Francio Severo (PSDB), Dilmair Callegaro (PSDB), Luciano Chitolina (PSDB), Leonardo Visera (PP), Remídio Kuntz (PR), Agnaldo do Alto da Glória (PR), Professora Branca (PR), Mauro Garcia (MDB), Tony Lennon (MDB), Joaninha (MDB), Maria José da Saúde (MDB) e Lindomar Guida (MDB).

Weslley Mtchaell – Assessor de Imprensa

Enviar mensagem
Precisa de ajuda?
Olá, tenho uma dúvida!