Ícaro fecha o primeiro ano de mandato com mais de 90 proposições

Ícaro fecha o primeiro ano de mandato com mais de 90 proposições

Além disso, Ícaro foi coautor de outras 98 proposições e liderou o abaixo-assinado contra a concessão dos serviços de água e esgoto em Sinop, com mais 28 mil assinaturas

Ícaro, presidente da Comissão Especial de Regularização Fundiária da Câmara

O vereador mais jovem da história de Sinop, Ícaro Francio Severo (PSDB), fechou o primeiro ano de mandato com 93 proposições de sua autoria (58 indicações, 29 requerimentos, 4 projetos de leis e 2 emendas) e coautor de outras 98 matérias (27 moções de aplauso, 25 indicações, 24 projetos de decreto legislativo, 11 projetos de leis, 6 requerimentos e 5 emendas).

Além disso, Ícaro criou e liderou o abaixo-assinado contra a concessão dos serviços de água e esgoto em Sinop. Mais de 28 mil assinaturas foram coletadas, online e no papel. Com o apoio de voluntários e alguns vereadores, a equipe percorreu dez regiões da cidade, em pouco mais de um mês e meio de trabalho.

Com 1.694 votos recebidos, Ícaro foi o terceiro vereador eleito mais votado. O jovem parlamentar ainda teve um dos menores gastos na campanha eleitoral. “Foi um ano de muito aprendizado. Estudei muito cada projeto que chegou à Câmara para ser votado. Sempre me pautando pela legalidade e transparência dos atos, me mantive firme, coerente e representando a população sinopense da melhor maneira possível”, avaliou o vereador.

Ao longo de 2017, Ícaro visitou bairros, ouviu a população, elaborou ofícios solicitando melhorias na cidade, fez indicações, participou de audiências, reuniões, comissões, eventos esportivos e culturais, visitou unidades de saúde, escolas e muitas outras atividades.

A Grande Luta

Protocolo das assinaturas na Prefeitura

Indiscutivelmente, a principal ação do parlamentar foi a elaboração da petição pública que pede o fim da concessão dos serviços de água e esgoto em Sinop. Em pouco mais de um mês e meio de trabalho, 28.638 assinaturas foram coletadas, online e no papel. A coleta contou com o apoio de voluntários e alguns vereadores.

As assinaturas foram protocoladas na Prefeitura no dia 13 de dezembro e recebidas pelo procurador jurídico do Executivo, Marcel Natari Vieira.

“Essas 28 mil assinaturas significam um número maior que a votação recebida pela ilustre prefeita [Rosana Martinelli], que fez 23.981 votos. E representa mais do que os votos recebidos por nós vereadores eleitos, que somamos 21.226 votos. Por isso essa petição merece respeito e atenção. Esse volume de assinaturas representa o descontentamento de mais de 20 mil famílias usuárias dos serviços da concessionária de água e esgoto”, destacou o vereador Ícaro.

Outras Ações

Em uma de suas visitas a unidades escolares do município, conheceu o Projeto “Escola Limpa é Escola Legal e Reciclar é Fundamental”, desenvolvido na Escola Estadual Jorge Amado pela Professora Silvia Maria Caetano. O projeto consiste numa “competição” de arrecadação de materiais recicláveis (garrafas pet, latas, papelão, plástico) e os melhores colocados são beneficiados com brinquedos, sorvete ou passeio.

Após conhecer o projeto, o vereador indicou que as demais escolas públicas aderissem à proposta, contribuindo com a reciclagem de materiais e formando cidadãos conscientes.

Na área do esporte, Ícaro criou a Corrida Sinopeana, elaborou um Projeto de Lei que contempla as Associações Atléticas Acadêmicas, participou de eventos do atletismo e destinou parte de sua emenda impositiva ao setor.

Embates

Ícaro discute projetos em tribuna

Ícaro enfrentou vários embates nas sessões ordinárias e extraordinárias. “As discussões durante as votações são salutares. Não me abstive de usar a tribuna para defender o povo e apontar as possíveis ilegalidades existentes em projetos, tanto do Executivo quanto do próprio Legislativo”, ressaltou o vereador.

O parlamentar e acadêmico de Direito se posicionou contrário em vários projetos polêmicos: redução ao Incentivo ao Esporte; doação de área no Aquarela das Artes para a construção de um novo Fórum; cessão de verba indenizatória para parte dos servidores públicos; prorrogação do prazo para que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) construísse sua sede em uma área doada pela Prefeitura; cobrança ilegal no Mutirão de Negociação Fiscal 2017; dentre outros.

“Em todas essas irregularidades citadas acima fui voto vencido. Porém, fiz questão de fazer minha parte e defender a legalidade dos temas. No restante do meu mandato irei continuar fazendo o mesmo: defendendo a população e o direito público, independentemente de quem tenhamos que enfrentar”, finalizou Ícaro.

Weslley Mtchaell – Assessor Parlamentar

Enviar mensagem
Precisa de ajuda?
Olá, tenho uma dúvida!