Ícaro cobra novo horário para sessões

Ícaro cobra novo horário para sessões

Ícaro defende que as sessões precisam ser realizadas em um horário que facilite a participação popular

Durante entrevista do Programa SBT Comunidade, na manhã de hoje (5), o vereador Ícaro Francio Severo (PSDB) voltou a cobrar um novo horário para a realização das sessões ordinárias. Para ele, as sessões precisam ser realizadas em um horário que permita a participação da população.

A cobrança foi direcionada ao vereador e candidato à presidência da Câmara para o próximo biênio, Remídio Kuntz (PR). Para presidir o Legislativo no próximo biênio, Remídio conta com o apoio, até o momento, de Ícaro e dos seguintes vereadores: Dilmair Callegaro (PSDB), Luciano Chitolina (PSDB), Adenilson Rocha (PSDB), Leonardo Visera (PP), Tony Lennon (MDB) e Lindomar Guida (MDB).

“Já vou cobrar aqui, em público: vamos mudar o horário dessa sessão! Que ela seja realizada em um horário em que todos possam comparecer. Esse horário das 14h30 eu não concordo”, cobrou Ícaro durante a entrevista.

Em resposta à solicitação de Ícaro, Remídio garantiu que, caso eleito, a mudança será discutida e colocada em votação nas primeiras sessões de 2019. “A gente vai atender ao pedido do Ícaro no dia primeiro de janeiro, em uma votação que é normal: a gente vota as comissões e o calendário das votações. Eu também concordo com ele, que as sessões têm que ser à noite. Isso nós vamos discutir e cada um vai dar a sua opinião”, assegurou.

Não é a primeira vez que Ícaro cobra a alteração do horário das sessões. Por exemplo: nas duas últimas sessões – 40ª e 41ª Sessão Ordinária – o parlamentar utilizou a tribuna para indicar ao atual presidente, Ademir Debortoli (MDB), tal necessidade.

Em resposta, ainda durante a 41ª Sessão Ordinária, Debortoli informou que, como estão se aproximando as últimas sessões de 2018, essa será uma discussão para a próxima Mesa Diretora. “Nós temos duas ‘sessão’ até terminar esse ano legislativo e nós tivemos o ano todo para os vereadores se reunirem e cobrarem um novo horário. Agora não é o momento. Só temos duas ‘sessão’ e a próxima Mesa Diretora pode colocar em votação”, declarou.

Weslley Mtchaell – Assessor de Imprensa

Enviar mensagem
Precisa de ajuda?
Olá, tenho uma dúvida!